Acupunctura

A cópia acéfala, a imitação do foleiro, o desprezo pela história e, em geral, uma profunda falta de bom gosto fizeram dos nossos bairros, dos cafés, das lojas, casas, ruas e espaços públicos, lugares desinteressantes onde se derreteram investimentos privados e públicos anos a fio. De Gualtar a Ferreiros, de Caminha a Faro. Diante desta enorme falta de gosto, não são os projectos milionários que me surpreendem mas a súbita, cuidada e inesperada regeneração low cost do café da esquina pelo mesmo casal que em tempos o tinha feito nascer banal. Um toque cosmopolita nessa rua mal tratada ou a “acupunctura urbana” de que fala Jaime Lerner, antigo prefeito de Curitiba. E, de facto, não é o dinheiro que revoluciona as cidades – é a inteligência.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s