Sem Fim

537875_434620146610751_1465522173_n

Eram 120 dias mas certamente contados com base noutra órbita planetária: tal como o universo, a regeneração da Senhora-a-Branca não tem fim. Buracos, candeeiros que faltam, tubos e pedras soltas, retroescavadoras para trás e para a frente e sinais e separadores em plástico espalhados por todo o lado (com os quais os miúdos se entretêm de madrugada a fechar o trânsito). Mais que não seja para accionar a garantia das novas lajes de que a CMB se gaba, já é tempo da obra terminar – refira-se que as lajes antigas, agora substituídas, estavam firmes há 100 anos mas a zelosa e sempre atenta CMB topou que não tinham garantia. Ou então, se for chato maçar a ABB com a garantia (que alegará a má escolha de materiais pela dona da obra), talvez se resolva pedindo um jeitinho à Equipa de Manutenção da Avenida Central, aqui estacionada permanentemente, e que desde 1995 vem reparando o então novo pavimento – procurar os operários perto dos ferros com fitinhas vermelhas e brancas.

(Este texto, por opção do autor, não foi escrito ao abrigo da entrevista de John Cale à Ípsilon)

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s