Braga Ist Frei

fotografia

2013 não foi um ano qualquer para Braga. Por boas e muito más razões. Foi um ano para esquecer pela sucessão de erros graves da anterior e caduca gestão municipal que acrescentou, a um currículo já nada brilhante, uma impensável lista de decisões lesivas dos interesses da cidade.

Uma noite branca de mais de 150.000€ organizada em cima do joelho, obras pindéricas e de carácter novo-rico de substituição de praças e ruas (já alguém reparou que nas cidades que admiramos – Roma, Paris, Londres, Florença, Veneza – as praças são iguais há dezenas de anos?), uma trapalhada de uma ciclovia pedonável interrompida e desligada, o favorecimento às claras de familiares na aquisição sem qualquer sentido das casas contíguas às Convertidas, a entrega à pressa de parte das receitas dos parcómetros a uma empresa recém-criada, a tentativa de demarcação do passado sem alterar uma única linha ao programa de acção e aos seus protagonistas. Em 2013 o desespero fez Braga bater no fundo.

A consequência deste despudor – mas também de uma oposição à esquerda e à direita mais forte e atenta – foi uma derrota estrondosa em Setembro. Mais importante do que isso, a derrota trouxe o fim de uma guerra fria entre a enorme arrogância dos senhores donos de Braga e centenas de pessoas que pensavam e se preocupavam genuinamente com a cidade, com a sua história e acima de tudo com o seu futuro.

Braga ist frei, pelo menos de momento. A cidade de Braga já não se confunde com a Câmara Municipal de Braga, nem com o Sporting de Braga, nem com a Capital da Juventude, nem com o Partido Socialista. Podemos gostar da primeira e até fotografá-la e elogiá-la sem necessariamente subscrevermos as políticas municipais, sem termos de andar com o cachecol do Braga ou de gramar com os likes e palmadinhas nas costas dos boys socialistas.

Os desafios para Braga são muitos e complexos. A renovação quase completa dos vereadores, incluindo parte dos da oposição, e dos responsáveis de vários projectos pode ser o princípio de um alargar de horizontes que Braga tão urgentemente precisa. A ver vamos! Até sempre 2013!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s