semi-libertada

1486865_665183470221083_5945104395421136061_n

Não sei qual é o objectivo do corte de relva que está a ser feito na Avenida da Liberdade – em vez da habitual lavra com tractor! – mas espero que tenha como objectivo a curto prazo eliminar de vez os vinte estonteantes canteiros. De nada serviu libertar a parte de cima da avenida, primeiro do trânsito (1995) e depois, após obras de 3 milhões de euros (2011), do lamentável túnel forrado a azulejos de casa de banho azuis e brancos, se praticamente todo o espaço recuperado está hoje ocupado por esta tentativa de imitar o jardim de Santa Bárbara. Se se tratasse tão-só de mau desenho urbano já nos bastava. Mas não! A manutenção das florzinhas que os turistas tanto fotografam custa uma fortuna e nem sequer as há no horto municipal. Eram – serão ainda? – compradas bem caras a uma empresa através de ajuste directo! Três anos depois das últimas obras, o potencial da renovada avenida, em especial junto ao Theatro Circo, ainda está todo por explorar. Não faltam soluções versáteis e a quantidade de coisas que é possível fazer se o espaço estiver liberto de estruturas fixas é infindável!

PS quem quiser flores, corra antes que o corta-relva prossiga viagem

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s