Que reabilitação queremos?

Mais uma vez, o progresso para Braga é sinónimo de demolir sem investigar, sem debater, sem ponderar cenários. Assim foi com o Convento dos Remédios, com o Castelo Medieval, com o quarteirão da Sé e muito mais. Já neste século XXI, foram abaixo o Palacete Matos Graça, o Palácio dos Correios, a Casa dos Castelos (e infelizmente os 3 edifícios que os substituíram – e eram então anunciados como inovadores – estão bem longe de ser um sucesso).

Só resta lamentar? Não! Nunca é tarde para discutir e para encontrar alternativas que, pensando no futuro, valorizem e respeitem o nosso passado. A pressa de fazer obra dos privados e da Câmara não é a da cidade (e neste caso o “privado” até é uma instituição com centenas de anos, responsabilidade social e vários benefícios fiscais). Braga já viu perder inúmeros edifícios que fariam inveja a tantas outras cidades. Quantos dos municípios vizinhos não fariam tudo para ter duas salas de espetáculos centenárias? Quantos não estariam orgulhosos de poder descobrir, de investigar e de reabilitar uma segunda sala de espetáculos centenária e associá-la aos 100 anos do seu teatro principal? Só Braga é que tem sempre de destruir para dizer que reabilita?

Que tipo de reabilitação queremos para a nossa cidade? Continuar a deixar apenas fachadas? Ou aprender a valorizar o que é único na cidade? À procura de novas soluções para o S. Geraldo/Salão Recreativo nasceu a plataforma S. Geraldo Cultural. Apoiem, divulguem, partilhem e ajudem porque só se destrói uma vez (e já foram demasiadas)…

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s