Palácio presidencial

“Gastou-se em função do que havia para ser feito” “Quanto ao valor do investimento aí entra-se no campo da subjetividade”. As justificações surpreendem tanto como o gasto de 76.000€ na decoração do gabinete do Presidente da Câmara de Braga. Sem cair na demagogia de que não se pode modernizar um escritório, o que se pede a um gestor de dinheiros públicos é que decida com … Continue reading Palácio presidencial